Depoimentos alunos na Republica Checa Depoimento alunos da Rep. Checa

medicina republica checa 1

Depoimento de alunos da República Checa

O meu nome é Isabel Rodrigues, fui estudante de Medicina na Faculdade de Medicina na Masaryk Univertisity, e terminei os meus estudos em 2010.Agora sou interna do complementar em Medicina Interna, após 6 anos de muito estudo e sacrifício, mas também de muitas alegrias e experiências inesquecíveis. Como foi para mim estudar Medicina em Brno, República Checa? Não posso dizer que foi fácil... Nunca me adaptei ao frio, e por muito que tentasse o meu checo ficou muito aquém do ideal, o que não facilitou a vida social e a adaptação a toda a "cultura".De qualquer forma, a comunidade portuguesa é muito extensa e acabamos por não ter necessidade de grande adaptação, quase como se tivesse vivido "à portuguesa" na República Checa. Estudar Medicina na República Checa significa um enorme sacrifício (e talvez o pior para um/a português/a): HORÁRIOS! Os checos, ao contrário de nós, começam o dia às 7h da manhã. O que implica madrugar, literalmente, todos os dias. E, madrugar com temperaturas a baixo dos -10ºC não é nada fácil. Por outro lado, e também ao contrário de de nós, terminam o dia muito cedo. Para mim, pessoalmente, foi terrível a escuridão das 17h... A Faculdade exige cumprimento de horários, por isso "em Roma sê Romano" e ou te adaptas ou nada feito.... Estudar Medicina não é fácil seja onde for. O curso é deveras trabalhoso. Exige horas, semanas, meses de estudo intenso. Por mais que queira descrever a dedicação aos estudos, é simplesmente impossível. E não há volta a dar-lhe, ou se estuda ou se estuda. E é a única prioridade que se pode (ou deve) ter. Estamos rodeados de professores muito exigentes e perfeccionistas, talvez ainda mais connosco estrangeiros. E, estudar numa língua que não é a nossa torna tudo duplamente complicado. Devo admitir que a Faculdade oferece todas as condições para nos dedicarmos única- e exclusivamente ao estudo, o que foi muito vantajoso. Eu, pessoalmente, mantive um sistema de "compensação": se quero sair tenho que passar no exame, se quero viajar tenho que passar no exame, se quero férias tenho que passar no exame.... Etc. E o facto é que resultou. As saudades... Não são fáceis! A sensação que todos os nossos amigos tem uma vida muito mais divertida e muito menos apertada em Portugal, e nós temos que estar agarrados aos livros, vai estar lá sempre... Mas há que superá-la. A oportunidade de estudar o que queríamos estudar, e no estrangeiro, é única, e eu decidi tomar o máximos partido dela. Viver no centro da Europa é muito vantajoso para quem gosta de viajar, e viver rodeado de outras culturas também é muito vantajosa para quem gosta de novas perspectivas, por isso para mim as saudades foram superadas por novos hobbies e por novos/as amigos/as, que foram igualmente importantes como tudo o que tinha em Portugal. No fim de contas, toda a minha experiência foi positiva, apesar da comida, do frio e do povo checo em geral, o meu objectivo foi cumprido com muito boas experiências pelo meio.

Depoimento de alunos da República Checa

medicina republica checa 2

Para mim estudar na rep.checa foi ter a certeza que o ser humano é extraordinário, mestre da superação, pleno na sua atitude e coragem. Lugar onde a intensidade dos momentos vigorava, onde dias pareciam meses e anos pareciam décadas quer no que vivi ou no que aprendi. A minha passagem por lá ficou pela metade, mas trouxe comigo aprendizagens e vivencias jamais esquecidas, quer no mal quer no bem. Amadureci e criei laços, percebi os meus limites, conheci-me um bocado melhor. Determinante, sem dúvida, no conhecimento, amizades, amores e saudade. Foi pensar em desistir e desistir de pensar nisso, continuando em frente, superando-me até à decisão de voltar. Cada dia uma emoção. Hoje sinto que valeu a pena, apesar de não ter dado continuidade. A vida é feita de opções e não obstante, estou contente com a minha. O meu sonho não se foi, é-me ainda intrinseco e um dia vou concretizá-lo.

Depoimento de alunos da República Checa

aluna pilsen medicina 4

"Pilsen, ou Plzen para os locais, é uma cidade já habituada a receber estudantes de medicina quer portugueses quer suecos, gregos, alemães, entre outras mais nacionalidades.
Uma experiência propícia ao desenvolvimento de relações multiculturais, bem como a formação de amizades verdadeiras, fruto dos seis anos de convivência diária. 
Pilsen é uma cidade preparada para o estudo com a biblioteca pública em ótimas condições ou mesmo os cafés já habituados a receber os estudantes.
Mas como a vida não se faz só de estudo, a tão prestigiada cerveja Pilsner Urquell ajuda a "aquecer" as noites de convívio pelos bares e discotecas locais.
A sua localização geográfica possibilita também uma rápida deslocação à capital da República Checa, Praga, bem como a outros países na Europa Central."

Estudar em Brno, na República Checa, tem sido uma experiência enriquecedora a vários níveis, tanto a nível académico como a nível pessoal. Nestes 6 anos de estudo, luta e resiliência, sinto que aprendi, vivi, experimentei, evolui. Um ambiente cultural diferente do Latino, fez-me adaptar às diferentes circunstâncias com que me deparei, tornou-me mais sensível face às pessoas, tornou-me mais humana. Aqui não se aprende apenas medicina, aprende-se a construirmo-nos como pessoas que um dia esperamos ser.

Depoimento de alunos da República Checa

medicina republica checa 6

Olá! O meu nome é Francisco Camacho e estudei Medicina em Brno, segunda cidade da República Checa, de 2006 a 2012. O que posso dizer relativamente a estudar fora é que, como tudo, tem aspectos positivos e aspectos negativos. O facto de estarmos fora, longe da Família e Amigos, num País cujo Inverno é rigoroso e cinzento, nem sempre é fácil. Mas os Amigos que fazemos entretanto, todos com o objectivo comum de tirar o curso, o facto de estarmos no centro da Europa, de conhecermos gente de toda a parte e os fins de semana de neve, fazem com que passe literalmente a correr. O meu balanço pessoal é muito positivo e considero que chegar a sexta-feira e poder escolher entre Praga, Viena ou um fim de semana de ski, é um verdadeiro privilégio! É uma experiência que recomendo a quem queira e possa optar por ela!

Depoimento de alunos da República Checa

medicina republica checa 4

No início parece tudo um sonho, o começo de uma aventura; vamos sós de mochila às costas à descoberta de uma país desconhecido com diferentes hábitos, culturas e língua. E num istante um sonho transforma-se num pesadelo. São poucos os que entendem inglês e a barreira linguística acab por se tornar um grande obstáculo dificultando não só a integração na sociedade checa como acaba também por deteriorar o potencial de ensino. Não tendo termo de comparação para objetivar a qualidade de ensino, posso apenas relatar o meu parecer pela experiência. A universidade Charles de Praga é uma instituição que preza o ensino, o profissionalismo, a cooperação e humanismo. O prazer no ensino e partilhar de conhecimentos é notório. A flexibilidade no agendamento de exames e aulas de substituição é também inverosímel, já que têm bem presentes as nossas "necessidades" enquanto estudantes estrangeiros. Contudo, vejo 2 grandes falhas neste sistema educativo. A primeira, e para mim a mais importante, deriva da barreira linguistica que resulta numa lacuna na prática e história clinica, tornando-nos ainda mais inseguros face à nossa inexperiência. Segundo, este é um curso com orientação puramente clínica, não havendo o menor incentivo para a integração em projetos de investigação. Quanto à vida social, é de valorizar a união que surge entre os colegas de curso que acabam por se apoiar uns nos outros, formando estreitos laços para a vida. A sociedade checa é reservada e uma pouco fechada a estrangeiros dificultando a intergração. Porém, sendo Pilzen uma cidade tão pequena e havendo uma tão grande comunidade de estudantes estrangeiros e portugueses, é frequente ouvir uma voz / lingua familiar no café ou no bar da esquinae depressa não nos sentimos sós. O que a "Checa" peca pelo clima (raramente faz sol), ganha pela localização, já que se situa bem no coração da Europa, fazendo fronteira com 7 países, o que contitui uma verdadeira utopia para os mais aventureiros. Estudar na Républica Checa é muito mais do que aprender Medicina. É crescer enquanto indivíduo, é expandir horizontes, é construir uma enriquecedora experiência de vida.

O site www.CursodeMedicina.com criado por Bernardo Pessoa para ajudar todos os colegas e futuros médicos